Números

Número 1

O número 1 representa o indivíduo, esta unidade indivisível que marca uma existência. Saímos do pertencimento à grande verdade universal representada pela figura geométrica perfeita do círculo, o número 0 (zero), para adquirir uma geometria oposta, uma linha reta onde os extremos já não se encontram mais, o número 1.

O 1 e o seu formato simbolizam uma flecha. Uma flecha, uma vez lançada, vai em direção ao seu alvo. Da mesma forma, o ser humano, uma vez nascido, vai em direção ao seu destino. Observe uma criança. Veja como ela projeta-se para frente, lançando-se sem medo de machucar-se. Vai como uma flecha que leva seus sentidos a inúmeros alvos para assim poder ver, ouvir, tocar, cheirar e, finalmente, o mais satisfatório de todos os sentidos para um bebê: colocar o mundo na boca.

O 1 é o indivíduo que vai, que lança-se, que não pára. É dotado de uma iniciativa inquebrantável, é quem começa o movimento. E porque faz o movimento? Porque já não encontra a si mesmo e sai em sua própria busca. Ainda que use outros argumentos como desculpa, sua saudade de casa, da completude do 0 (zero) de onde surgiu, é o combustível inconsciente que o alimentará pelo restante da jornada. Um dia, com sorte, tornar-se-á um 9 e estará diante da porta do retorno. Até chegar lá, precisará abusar da energia do 1 que diz: Vai! Avança! Você pode! Continua! Siga em frente! Ação!

Quando o 1 virar 9, este traço reto do 1 seguirá presente. Mas observe, quando chegar ao 9, este 1 ganhará um círculo na sua parte de cima, a parte que representa o céu. Por isso, o 9 simboliza o indivíduo que traz a vontade do céu para a terra, é o arquétipo do Humanitário. Ele já não servirá ao seu falso "eu", venceu a batalha interna, está a serviço de uma Vontade Superior. Mas mesmo que o 1 chegue até o 9 continuará com saudades de casa, o Todo de onde partiu. A diferença e o porquê de realizar a jornada é que, como 9, viveu plenamente, aprendeu a lição, tornou-se bom instrumento na Terra e merece voltar em paz.

O 9 é o destino final desta jornada básica da Numerologia. Até lá, todas as ideias por detrás dos números seguintes esperam pela ação do 1, por sua energia e iniciativa para evoluir degrau por degrau. Sem o 1 desistiríamos antes mesmo de começar. Sua força será imprescindível a cada degrau da jornada e, por isso, sua precedência sobre todos os demais.

Quem avança em direção ao seu destino cruza, necessariamente, o caminho de outras pessoas. Destes encontros, brotarão novas possibilidades que transformarão seu impulso de vida de 1 em espelho. É a hora de falar sobre nossa relação como o outro, nosso próximo degrau na jornada dos números, quando o 1 vira 2.


capítulo anterior
Número 0
próximo capítulo
Número 2

Obrigado, {{contato.nome}}!
Seu comentário foi enviado.


Conte-nos o que achou deste capítulo...



contato@eliti.com.br
(48) 9 9982-6011
Florianópolis e Blumenau

desenvolvido por